"Antes de mudar o mundo, mudar a gente. Ajuda pra caramba..." (Renato Russo)

sexta-feira, 30 de maio de 2008

E por falar em saudade...

E aê??

Tudo bem do lado daí? Dessa vez não faz muito tempo ^^
Eu estou bem gripado e temo pelo meu fim de semana...rsrs
Não viria postar aqui hoje, mas, como no caso do post Seduces Me que foi originalmente um comentário feito por mim no blog "Além Daqui", o post de agora foi originalmente um comentário feito sobre o post Saudades..., do "Meu Universo Cognitivo"
Como sempre, a modéstia não me impede de dizer que gostei do que eu escrevi, mas além disso, eu já há algum tempo gostaria de falar um pouco sobre a saudade. O texto segue na íntegra, embora apresente algumas pequenas alterações estruturais...

"A saudade é um filme sem cor que meu coração quer ver colorido"

Já dizia o mestre Baleiro...

Saudade é como uma espada de dois gumes: se você sabe usá-la em seu favor você se torna extremamente forte, do contrário, ela pode até te matar...

Acredito que a melhor saudade é a que te mantém com um brilho nos olhos e com sorriso nos lábios, encarando a vida de peito aberto mesmo que a dor da distância ainda o fustigue. Essa saudade te deixa forte, impetuoso, pronto pra seguir em frente, pois você aguarda ansioso, motivado, o momento que a distancia será suprimida e a saudade será posta pra fora como um orgasmo a envolver todos os envolvidos no reencontro.

Particularmente gosto desse tipo de saudade. Coleciono esta saudade. É a saudade aventureira, obstinada, de insatisfação constante por saber que você pode e vai estar melhor logo depois. A ponto de fazer você sentir saudade de algo que ainda não fez...

Esta saudade deve atingir até mesmo os espíritos que se foram, deixando-os dançar alegres entre as estrelas sob a certeza de que um dia se encontrarão novamente, seja aqui ou no firmamento estrelado.

Quando nos encontraremos novamente Vó? Tio Cacá?

Essas lágrimas que derramo agora (n.t.: no caso na hora que escrevi o texto), em pleno serviço é o combustível que já, me tomando o corpo, alcança os olhos numa certeza constante de que não há motivo pra ficar triste diante do garantido reencontro.

Esqueçamos, pois, as saudades tristes, da qual há muito fui vítima até conseguir superá-la. Não existe saudade da dor. Não existe sentir dor pela saudade. Ou melhor, até existe, como um enérgico para a depressão. Só se entristece pela saudade de algo que já não terá mais. Mas porque não o pode ter? Orgulho? Impossibilidade Astral? Whetever, nada pode ser tão bom se pra você é inalcançável. Ou então você não é bom o bastante para almejar algo bom demais a ponto de te deixar triste por ser inalcançável. Ou talvez nada seja inalcançável.

Existe a Saudade. E existe a Tristeza. Jamais combine as duas. A Dor beira o insuportável. Palavras de uma fênix que morreu por uma saudade que, ao renascer das cinzas, foi percebida como algo que não valia nem a morte, que dizer a vida, que hoje em dia para mim é infinitamente mais especial...principalmente por causa das boas saudades...

Espero ter deixado o meu recado...

Beijo nas crianças!

Pensamento do Dia: "O bom é que quando a gente se encontra, a gente vê como nosso meio era mesquinho e o tanto de potencial que jogávamos fora" (Harielly - falou tudo aqui...)

Foto: Família reunida no último Natal (a distância é ínfima quando se está presente, mesmo tendo partido aos olhos do mundo)

Ouvindo: Riders on the Storm - Doors

4 Comentários:

Mari(ana) disse...

Quero vir aqui num dia melhor...numa hora melhor... para não postar como postei no blog de Beta.
Prometo vir aqui outro dia, sem esse gris no céu.

KnY...te adoro

Harielly disse...

Nossa, quanta honra!!!
Estou no espaço do seu pensamento do dia!! rsrs Sinto-me lisonjeada (e preocupada, pois sei que tudo que eu falar no msn poderá mesmo ser levado em consideração!! Ainda bem que eu me policio de vez em quando!! hahahaha)

De fato amei o texto, assim como o seguinte ("pericia labia.."). Sem dúvida alguma que além do bom gosto na escolha das citações você tem um grande potencial como escritor. Invista nisso. Fernando Veríssimo (jr) gostará de ter um rival em potencial (já que vc mesmo concorda que a rivalidade é saudável como em um de nossos papos boêmios.. rsrs mas isso é em outra ocasião!^^).

Para você que curte esses textos, depois dê um pulo no meu blog www.fotolog.net/harielly As vezes fico sumida, mas se você prometer que lerá eu volto a postar (hahaha)

beijos menino, e melhoras com relação a seu estado gripal!! ^^ =*

Tati disse...

Saudade do feriado :P

Beijos
;*

Luciana Santos disse...

Acho q já citei bastante coisa como referência do q é saudade pra mim no blog da Beta (Meu universo cognitivo)... mas enfim... algo q eu citei q acredito q mereça ser ressaltado é um pensamento meu que acredito ser a mais pura verdade:

"A saudade é um sentimento que jamais será totalmente satisfeito..." (By myself)

Além do passado que nos cerca e das lembranças... ás vezes me ocorre ter "saudade" do que ainda não vivi...

Isso tbm acontece com vcs?

Beijos... Até a próxima!

Eu?

Minha foto
Cabo Frio, Rio de Janeiro, Brazil

::: O que vejo por aí...

  ©Template Blogger Elegance by Dicas Blogger.

TOPO