"Antes de mudar o mundo, mudar a gente. Ajuda pra caramba..." (Renato Russo)

terça-feira, 22 de abril de 2008

Amar é...


Hey o/

Estou começando a pegar gosto de postar em horários alternativos. Agora são, novamente independente do que o blog dirá pra vocês, exatamente 10:53.

Fernando Pessoa uma vez disse "que navegar é preciso" e, para não contrariá-lo estou por aqui navegando em busca de coisas mais interessantes do que pensar numa forma de acelerar o tempo em busca da cerva do fim de tarde.

Encontro, pois, esta pérola do Arnaldo Jabor - "Eu te Amo...não diz tudo". Pra quem ainda não leu, indispensável. Pra quem já leu, vai de recordação. Vejamos:

EU TE AMO... NÃO DIZ TUDO!

Você sabe que é amado(a) porque lhe disseram isso?

A demonstração de amor requer mais do que beijos, sexo e palavras.

Sentir-se amado é sentir que a pessoa tem interesse real na sua vida,

Que zela pela sua felicidade,
Que se preocupa quando as coisas não estão dando certo,

Que se coloca a postos para ouvir suas dúvidas,
E que dá uma sacudida em você quando for preciso.

Ser amado é ver que ele(a) lembra de coisas que você contou dois anos atrás,

É ver como ele(a) fica triste quando você está triste,
E como sorri com delicadeza quando diz que você está fazendo uma tempestade em copo d'água.

Sente-se amado aquele que não vê transformada a mágoa em munição na hora da discussão.

Sente-se amado aquele que se sente aceito, que se sente inteiro.
Aquele que sabe que tudo pode ser dito e compreendido.

Sente-se amado quem se sente seguro para ser exatamente como é,
Sem inventar um personagem para a relação,
Pois personagem nenhum se sustenta muito tempo.

Sente-se amado quem não ofega, mas suspira;
Quem não levanta a voz, mas fala;
Quem não concorda, mas escuta.

Agora, sente-se e escute: Eu te amo não diz tudo!

(Arnaldo Jabor)

Pois bem, pode atirar a primeira pedra quem já amou E se sentiu amado.

Até Breve

Pensamento do Dia: "O dia promete.." (pensamento de agora)

Foto: Os gordinhos do "Amar é..."

Ouvindo: vozes estranhas de quem não tem nada pra fazer...

1 Comentário:

Mariana disse...

Aiiii..
Esses bonequinhos me levaram até a minha fase jardim-de-infância! *_*
Meus pais eram apaixonados pelo "Amar é..."! Tinha jogo de lençol e td! xD
Bem, acho q eles seguiram a risca todas as dicas! Estão juntos há quase 27 anos...e tão apaixonados quanto no início!
...
Pois é...sábias palavras de Arnaldo Jabor!
Amei o texto...! Achei simples e lindo!
De uma veracidade incomum!
...
Tive uma professora de Psicologia (Regina Ferro,grande professora)q ela dizia q o amor não cabe em palavras, mas que amar eram ações cotidianas.
Podemos querer transferir o sentimento para palavras... mas o q se encontra dentro do peito,não há dicionário no mundo q consiga descrever como o é.
Acho q até além do peito... acaba tomando conta de vc, e nem percebe!
Ai ai...
Realmente, Arnaldo Jabor inspirou!
rs

Beijosss!!!

Mari

Eu?

Minha foto
Cabo Frio, Rio de Janeiro, Brazil

::: O que vejo por aí...

  ©Template Blogger Elegance by Dicas Blogger.

TOPO