"Antes de mudar o mundo, mudar a gente. Ajuda pra caramba..." (Renato Russo)

segunda-feira, 7 de dezembro de 2009

Pontos Corridos ou Classificação?

Depois de 17 longos anos o Flamengo volta a ser campeão brasileiro. Após uma grande arrancada a partir do segundo turno o Rubro Negro chega ao título após uma vitória apertada contra o time do Grêmio ontem (6/12) no Maracanã, quando durante toda a semana anterior à partida houve a discussão se a equipe gaúcha deveria ou não entregar o jogo ao Flamengo para não correr risco de ajudar o seu maior rival, o Internacional de Porto Alegre.

Qualquer torcedor consciente que tenha visto o jogo do Maracanã não vai falar que o Grêmio facilitou para o Flamengo. Aliás, pelo contrário, a equipe gaúcha lutou surpreendentemente pela vitória, chegando a deixar um Maracanã com 85 mil pessoas calado diante do gol que abriu o placar. No entanto, a discussão que atravessou toda a semana e o movimento “entrega grêmio” cuja Comunidade no Orkut superou 100.000 torcedores trouxeram de volta a tona uma questão a cerca do Brasileirão:

O Sistema de Pontos Corridos realmente é mais justo se comparado ao Sistema Classificatório?

Façamos uma breve comparação.

No Sistema de Pontos Corridos o time com melhor aproveitamento no campeonato (ou seja, o melhor) é considerado campeão. Na era da Classificação, um time na oitava posição com, sei lá, 50 pontos, poderia ser campeão em detrimento do primeiro colocado com 80 pontos. Como? Pelo sistema de playoff (ou mata-mata, em bom português futebolístico). Acredito que não há dúvidas quanto à justiça do sistema de Pontos Corridos se olharmos superficialmente.

Entretanto, neste ano, onde tivemos talvez o campeonato mais disputado da história dos pontos corridos (e o mais emocionante também, diga-se de passagem), a possibilidade do Grêmio entregar a partida, somada com a notória apatia Corintiana contra o Flamengo e ao fato de certos torcedores do Botafogo chegarem a pensar na possibilidade do time entregar o jogo para o São Paulo mesmo com o clube ameaçado pelo rebaixamento, colocam em xeque, sob o meu ponto de vista, o critério exímio dos pontos corridos.

Ora, se um time entrega uma partida qual será o mérito do vitorioso? Que ninguém diga que houve isso por parte do Grêmio contra o Flamengo, cujas vitórias, na partida e no campeonato foram totalmente merecidas (detesto admitir!).

O gremista e o corintiano podem dizer que derrotar o Flamengo seria o mesmo que ajudar seus principais rivais e que dessa forma não faria sentido fazê-lo uma vez que para si próprios o campeonato já havia acabado. Eu não lhes tiro a razão. E também não condeno a “falta de profissionalismo” dos jogadores do Corinthians, que só não foi mais criticado pela Imprensa Paulista por se tratar exatamente do “Timão”. Vejamos então o caso do Grêmio ontem.

Dentre os oitos garotos que foram titulares, alguns sequer haviam pisado no gramado do Maracanã. Se entregassem a partida seriam execrados pela Imprensa. Não duvido que sejam criticados pelos gaúchos por jogares do jeito que jogaram (profissionais buscando a vitória)(nota: quando escrevi este post ainda não havia visto o ocorrido no retorno ao Rio Grande do Sul). Não quero imaginar no que poderia acontecer se esses moleques conseguissem uma vitória fora de casa contra o Flamengo e por conseguinte garantissem o campeonato para o Internacional.

Além te tudo ainda temos a situação do Flamengo, o time mais odiado do Brasil, exceto pela sua própria torcida e alguns outros poucos, que além da polêmica do campeonato de 87, ainda terá de lidar com comentários maldosos a cerca do “mérito” de ter ganhado um campeonato cuja torcida adversária fizera um movimento para seu time entregar a partida.

Diante de todos esses fatores, a idoneidade para a justiça do sistema de Pontos Corridos torna-se discutível. Ao passo que a grande desvantagem do sistema Classificatório está na possibilidade de uma equipe com menos pontos que outra vencer o campeonato.

E fica a pergunta: você prefere o Sistema de Pontos Corridos ou o Classificatório? Tem sugestão a cerca de um terceiro sistema que julgue mais justo? Não deixe de dar sua opinião!

Em tempo, gostaria de parabenizar ao Fluminense pela arrancada histórica para se salvar do fantasma do rebaixamento. Dificilmente teremos oportunidade de ver algo parecido com o que os “guerreiros tricolores” fizeram nas últimas rodadas do Brasileirão mesmo eu tendo torcido tanto contra...

I.A

9 Comentários:

priscila disse...

Ahh igor eu continuo achando que o gremio entregou sim o jogo...
que vi sabe mto bem que o gremio que jogou no primeiro tempo não foi o msm time do segundo...
pra mim aquela pressão td foi apenas uma encenação pro time não sair mtoo marcado....
e se existir alguma duvida eu indico assistir ao seguinte video no youtube pra que sabiam oq eu o jogador do gremio diz qndo entra no jogo logo apos ao gol da mulambada, já sabendo q o inter ganhava de goleada.

http://www.youtube.com/watch?v=bQVSF_9tAPw

Igor André disse...

Eu havia visto o video Pri. Se não foi fake foi algo isolado e um comentário infeliz de um jogador, mas que não contraria em nada o que o Grêmio fez dentro das quatro linhas.

É só lembrar que o time do Grêmio teve o menor aproveitamento do campeonato jogando fora de casa; estava jogando com 8 reservas em um estádio com mais de 80 mil torcedores adversários, alguns inclusive torcedores DO GRÊMIO que queriam que o jogo fosse entregue.

Diante de todos esses fatores, fica um tanto quanto complicado dizer que um time que jogou o futebol que o Grêmio jogou tenha entregue o jogo...Por mais que seja mais cômodo para nós que não somos flamenguistas afirmar o contrário...

Kátia Ruivo disse...

eu também concordo que eles não entregaram o jogo não, sei que tem muito dinheiro e politicagem no meio, mas sei também que futebol mexe com os brios masculinos e que eles não entregariam o jogo assim não...

guilherme.r.p disse...

aí galera vale realmente lembrar que qdo o gremio fez seu gol,o primeiro do jogo,o embate entre internacional e santo andre estava zero a zero!!!
sinceramente para quem assistiu o jogo, viu o q eu vi, que alguns jogadores do gremio ficavam enrolando com a bola e cheguei a ver alguns lances onde o contra ataque estava armado,recuavam a bola; Porém nada me diz mais do que o gol onde o jogador do gremio bateu uma falta, a bola cruza a area toda passando inclusive pelo goleiro bruno e vem o jogador do gremio de carrinho (o bruno ja estava vendido) e chuta para fora,um lance completamente inexplicável!!!!

olha eu sou corinthiano por isso suspeito,porem no lance do jogo corinthians x flamengo, onde o goleiro felipe nao pula na bola, ele o faz por estar revoltado pelo fato de nao ter sido penalti, e nao por querer que o flamengo fizesse o gol como muitos disseram!
não sou cego e vi que os jogadores corinthianos nao estavam jogando com plena vontade de ganhar o jogo,isso ficou óbvio,porem nao tinham motivações nenhuma em ganhar o jogo!!!!

mas voltando ao assunto fla x gremio,para mim foi completamente "dado" esse jogo,porem muito bem atuado,principalmente na etapa final do jogo!!!

um forte abraço
Guilherme

guilherme.r.p disse...

a proposito esqueci de comentar sobre o fato de 87:
tudo bem que o regulamento foi mudado depois de ter começado o campeonato e que foi um ano muito conturbado. mas aí que vem a pergunta:por que o flamengo esperou o fim do campeonato onde ganhou aquela etapa para reivindicar alguma coisa? se iria abandonar o campeonato por que nao o fez logo quando mudaram o regulamento...ele jogando um jogo se quer diz que aceitou a mudança!

porém vem a globo com seu puxa-saquismo eterno e bota na tela: flamengo hexa campeão.

não me venha com essa flamengo ganhando esse campeonato se tornou PENTACAMPEÃO. digo isso a quem quiser ouvir, escrevi até no meu orkut é só ir e conferir!!!!

guilherme.r.p disse...

P.s.:
não achei o vídeo do gol perdido pelo jogador do gremio mas quem assistiu o jogo sabe de que lance estou falando!

priscila-bello disse...

Eu conconrdo com o gui qndo ele fala que o gremio aparentava entregar o jogo, porem ele se contradiz qndo diz que o corinthians não tinha motivação pra entregar o jogo.. eu acho qeu o time do corinthians tinha msm motivoção que o gremio,pois assim como o gremio não queria ver o intre ganhar o corinthians não aceitava mais um titulo pro São Paulo.

Pra mim dá msm forma q o gremio entregou o jogo o corinthians entrgou tbm... a crucial diferença é que o time do gremio pelo menos encenou o jogo já o conrinthians nem se deu esse trabalho, ntregando na cara dura... o unico que encenou alguma coisa no Flamengo X Corinthians foi o Ronaldo que encecnou uma dorzinha pra cair fora e não jogar contra um time que durantes tantos anos ele declarou amor eterno, e agora ele diz que se considera corinthiano (esquecendo tds os seus anos de amor eterno a mulambada)...

guilherme.r.p disse...

olha nao sei se eu me expressei errado ou vc entendeu errado pri...
eu disse que o corinthians nao tinha motivação para ganhar o jogo.

acabei de perceber que acendi uma polemica a respeito dos jogos e nao respondi a pergunta do post!
eu prefiro muito mais a classificação mesmo sendo injusta e talz, pq tem mto mais emoção do q os pontos corridos. nao se pode contar esse ano pois é completamente atipico um campeonato por pontos corridos ser decidido apenas no ultimo turno! para mim,mil vezes por classificação!!!

priscila disse...

humm.. Gui talvez vc tenha se expressado errado e eu tbm entedi errado ae juntou os 2! hauhauahuahau


Eu prefiro pontos corridos do que classificação... parece mais justo campeonato por pontos corridos, isso sem perder a emoção!

Eu?

Minha foto
Cabo Frio, Rio de Janeiro, Brazil

::: O que vejo por aí...

  ©Template Blogger Elegance by Dicas Blogger.

TOPO